.

Quero Escrever o Borrão Vermelho de Sangue

.

Quero escrever o borrão vermelho de sangue
com as gotas e coágulos pingando
de dentro para dentro.
Quero escrever amarelo-ouro
com raios de translucidez.
Que não me entendam
pouco-se-me-dá.
Nada tenho a perder.
Jogo tudo na violência
que sempre me povoou,
o grito áspero e agudo e prolongado,
o grito que eu,
por falso respeito humano,
não dei.

Mas aqui vai o meu berro
me rasgando as profundas entranhas
de onde brota o estertor ambicionado.
Quero abarcar o mundo
com o terremoto causado pelo grito.
O clímax de minha vida será a morte.

Quero escrever noções
sem o uso abusivo da palavra.
Só me resta ficar nua:
nada tenho mais a perder.

________

Os poemas desta página são resultado do arranjo em versos, feito pelo padre Antônio Damázio, de textos em prosa da extraordinária escritora Clarice Lispector.É bom que se diga que Clarice apesar de escrever de forma não versificada, era poeta verdadeira, pois como diz Benedicto Ferri de Barros não basta ao texto estar quebrado em linhas para ser poesia. Clarice fazia poesia sem quebrar as linhas.Uma pena que o padre sumiu, não sei onde lhe andam as alpercatas, porque seria muito válido pedir a ele que indicasse a origem dos textos que arranjou de forma tão feliz.

Adaptado do Jornal de Poesia.

16 Clariceanos:

M.F. disse...

Nossa, ficou lindo. Nunca tinha lido... Muito interessante, adoro como a Clarice transborda nas palavras. é tudo tão... denso. Nem tenho palavras pra dizer, rs.

Claire disse...

que maravilha!

Tânia regina Contreiras disse...

Pura verdade, Clarice era puros versos, sem quebrar nada, e ainda que quebrada sua poesia, ela fica inteira. Como ela mesma disse, um pedaço de espelho é sempre um espelho inteiro. E não é?

Abraços

Rita Contreiras disse...

A intensidade penetra na alma de quem lê Clarice.Atua como um antídoto para o não sentir cultuado no mundo atual.Ao lê-la a vida me pulsa mais fortemente!

Joel Vieira disse...

Olá, gosto muito desse blog!
Eu amo a Clarice, ela é fantástica!
Por isso ao receber um selo do prêmio dardos nao pensei duas vezes ao indicar o blog.
Passe lá no Faces depois, tem selo para o blog.

Abraços

Carmem Gomes disse...

Clarice empre me deixa muda. Adoro!!! Parabens

Webert Gomes disse...

Fantástico, lindo, tocante. Me encontro em Clarice!

Astréia disse...

Olá,tem selo no meu blog para você!

Adorei esse blog! Já estou seguindo.

Beijo!

Quantas pessoas fazem você se sentir especial? disse...

Nossa ler os textos de Clarisse é sempre muito bom. Apesar de um vazio exposto.
Mas era o que ela sentia.
Estou seguindo seu blog, caso queira e goste do que ler no meu.... ficarei feliz de ter você em meu cantinho.
Beijokas.

flOr dii Liz _ A meniina de papel com alma de bOrboleta... disse...

Oi adorei o seu blog. Amoo mto Clarice
ela fala por mim, o q nem eu mesma sei dizer .. sempreee
Então resolvi te dar o selo Dardos :)
Pra saber como funciona, é só ir no meu blog e ler o post :)
BeejOo*
:)

Thais Lopes disse...

Eu amo Clarice Lispector desde o momento que me deparei com o livro "A hora da Estrela", amei e passei a ler mais coisas desta belissima escritora. E isso fazem 10 anos.
Parabens pelo blog que divulga as palavras belissimas de Lispector.
Abços

Gisele Freire disse...

Caramba, como este blog é super, hiper bem organizado!
Vcs estão de parabéns, vcs fazem o melhor com A MELHOR!
bjs
Gi

Gaby Pardal disse...

Grande e Eterna Clarice. Minha Diva.

Cristiano WISS disse...

show seu bloog.....coloquei no meu recomendados do meu bloog................

Analuka disse...

Que ótimo blog sobre a genial CLARICE LISPECTOR! Tomarei a liberdade de linkar o endereço, e deixo o convite para que visitem e comentem um texto publicado em outro espaço dedicado a esta brilhante escritora:

http://cidadeartesdomundo.blogspot.com/2010/07/psicanalise-e-arte-entre-desmontagens-e.html

Deixo também abraços alados e azuis!!!

alex disse...

Ela diz tudo aquilo que nem sei que digo mas acabo dizendo, nunca tão claro...