.

Respostas

.

Essa página foi criada para responder as questões enviadas pelos leitores. Sua pergunta pode ser enviada como comentário nessa postagem.

Mensagem de Yasmim:

Já que vocês dizem que as frases:
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!

Pode esclarecer de quem são essas frases ? Por que segundo o site (pensador.info) foram retiradas de um texto de Clarice Lispector !

Obrigado desde já !

Mensagem para
Yasmim:
Yasmim, em nenhum dos livros de Lispector há essas frases, ou algo parecido, esse não é o estilo literário de Clarice. Existem muitas frases e até poemas na internet erroneamente atribuídos à Lispector. As frases não são de Flor de Lis, segundo algumas pesquisas (na própria internet) são de Bruna Lombardi, mas nunca li a obra da mesma, portanto não posso dizer que é.

Mensagem de
Marcos Lúcio:
Acredito que esta frase: "você pode, até,me empurrar de um penhasco. E daí? Eu adoro voar" atribuída à Clarice, não seja de sua real autoria. Estou equivocado?

Resposta para Marcos Lúcio:
Esse trecho não é de Clarice Lispector. Na internet há essa atribuição, mas é errônea. Clarice não escreve dessa forma.

Aproveito e respondo também a uma leitora, cujo comentário não encontro no momento, aquele trecho "gosto dos venenos mais lentos..." também não é de Clarice.
Não entendo essa associação. A obra de Clarice é muito distinta de tais frases.
Mensagem de Aparecida:
gostaria de sber se Rifa-se um coração é de Clarice ou não?
Resposta para Aparecida:
O texto "Rifa-se um coração" é de Ricardo Labatt. Clarice não escreveu poemas.

Mensagem de Solange:
Gostaria de saber se é de Clarice o seguinte trecho e, em caso positivo, onde encontrá-lo:


Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.
Obrigada.
Solange

Resposta para Solange:
O trecho é sim de Clarice Lispector, mas não sei informar o livro exato em que se encontra.

15 Clariceanos:

Indiara Martins disse...

Não tenho absoluta certeza, não estou com o livro aqui, mas acredito que seja de "Uma aprendizagem ou Livro dos Prazeres".

(...) disse...

Opa dei uma olhada no seu blog.. achei bem bacana ^^ poderiamos nos linkar um ao outro o que acha? o meu blog é http://mistery-mind.blogpost.com

Se quiser, comenta la q eu linko =] bjs!

jefhcardoso disse...

Olá Blog Clarice! Esta semana estou divulgando uma “nova” postagem. Trata-se de um conto; que na verdade vem a ser uma reedição de meu blog. Sua postagem original ocorreu em 13.02.09; sendo esta a minha terceira postagem no blog. Naquela ocasião este texto não recebeu nenhum comentário. O texto é “O Sr. e o Dr.”. Espero que você, tendo um tempinho, o aprecie.
Um grande abraço, minha gratidão antecipada!

Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Aparecida disse...

gostaria de sber se Rifa-se um coração é de Clarice ou não?

Andréia souto disse...

resposta para solange - o trecho foi retirado do livro "a descoberta do mundo"
abraços, andréia

Anônimo disse...

Acredito que esta frase: "você pode, até,me empurrar de um penhasco. E daí? Eu adoro voar" atribuída à Clarice, não seja de sua real autoria. Estou equivocado? Aproveito e sugiro que corrijam, no blog, na parte de opinião, a frase: "Além de Clarice, o que mais você ler(sic)? O correto, em português, seria e é: o que mais você lê? Espero ter dado uma contribuição mínima para o máximo que Clarice representa, sobremaneira, para os leitores que privilegiam inteligência, literatura em alto nível, genialidade, brilhantismo, reflexão, profundidade, sensibilidade, originalidade, enfim, as qualidades que evidenciam Clarice, através de suas palavras enfeitiçadas e luminosas, na maior escritora de todas que já li, até agora. Aguardo a gentileza da sua resposta e, desde já, o meu muito obrigado.
Marcos Lúcio

Yasmim disse...

Já que vocês dizem que as frases:

Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!

Pode esclarecer de quem são essas frases ? Por que segundo o site (pensador.info) foram retiradas de um texto de Clarice Lispector !
Obrigado desde já !

Andreza disse...

esse trecho:Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento. É do livro "A maçã no escuro".

Karina disse...

Olá, boa tarde! Belíssimo blog, amei!
Gostaria de saber se este trecho "Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la." é de Clarice, e se for, a que obra pertence. Obrigada. Karina

aynis disse...

Tenho todos os livros da CL. Desculpem-me, mas com relação ao trecho "Renda-se (...). Viver ultrapassa qualquer entendimento.", não consegui encontrá-lo nem em "A maçã no escuro", tampouco no "Água Viva" ou no "Uma Aprendizagem". Se alguém tiver uma referência exata,por favor divulgue, pelo que desde já agradeço.

Anônimo disse...

Em uma resposta vocês escreveram que Clarice Lispector não fez poemas. Mas ela fez sim como por exemplo esse abaixo:

Titulo: "Há Momentos"

"Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre."

Blog Clarice Lispector disse...

Resposta ao comentário anônimo disposto acima:

Esse poema não é de Clarice Lispector. Clarice Lispector nunca escreveu poemas.

Att.

Janine disse...

Oi pessoal,
Quero saber se o trecho abaixo é da Clarice. Se não, sabem quem é o autor?
“Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo.
Tenho um sorriso confiante que às vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele.
Sou inconstante e talvez imprevisível.
Não gosta de rotina. Eu amo de verdade aqueles pra
quem eu digo isso, e me irrito de forma inexplicável
quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em pratica aquilo que eu julgo certo.
São poucas as pessoas pra quem eu me explico...”
Obrigada,
Janine

Anônimo disse...

Bom dia... eu vi essa frase sendo dada como da Clarice.. mas eu crio que essa frase é de um guitarrista chamado Slash, pelo menos a primeira vez que vi isso foi ele quem disse.

"Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!"

Na real a frase que ele disse foi essa:

"Gosto das bebidas mais fortes, dos cafés mais amargos, dos venenos mais lentos, do rock n oll mais pesado, dos carros mais potentes, das drogas mais poderosas. Tenho um apetite voraz... E os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco, que eu direi: -E daí? Eu adoro voar!"
Slash

Encontradas aqui:

http://www.quemdisse.com.br/frase.asp?f=achei-que-nao-existisse-nada-melhor-do-que-o-sexo-ate-que-toquei-guitarra&a=slash&frase=98986

Coisas ditas durante entrevistas e matérias por ele ser um grande guitarrista foram guardadas e divulgadas em partes.
Vi também um outro poema no site do Pensador, que no final citava a tal frase de maneira diferente mas não tinha autor.

valéria Rottger disse...

Sobre a dúvida do texto:

"Gosto das bebidas mais fortes, dos cafés mais amargos, dos venenos mais lentos"

Aqui está o texto completo e sua autoria:

Alta Tensão

eu gosto dos venenos mais lentos
dos cafés mais amargos
das bebidas mais fortes
e tenho
apetites vorazes
uns rapazes
que vejo
passar
eu sonho
os delírios mais soltos
e os gestos mais loucos
que há
e sinto
uns desejos vulgares
navegar por uns mares
de lá
você pode me empurrar pro precipício
não me importo com isso
eu adoro voar.

Bruna Lombardi(poesia do livro O perigo do Dragão.RJ: Record, 1984. p. 36)